Home / Notícias / Prefira Morar com inimigos, a Hospedar-se na KingHost

Prefira Morar com inimigos, a Hospedar-se na KingHost

Tem coisas que não me atrevo discutir. Culpa do conhecimento curto. Agora, quando se trata de publicidade, aí meu amigo, aí sim, é que eu não entendo nada. O diacho é que a necessidade exige discorrer sobre o assunto. Antes de aprofundar no tema, convém destacar informações preliminares.

Basicamente os textos publicitários são constituídos por três campos: Headline ou título: que indica a ideia-chave, a promessa do texto; Body copy: texto curto de leitura fácil, uma síntese das ideias principais que informa; Slogan: frase identificativa que expressa uma filosofia da empresa ou produto em questão, indicando o posicionamento da empresa ou da marca.

Para atrair a atenção do leitor, o texto publicitário usa figuras de linguagem. As mais comuns são: metáfora, metonímia e ambiguidade. Com a última, um enunciado pode apresentar mais de um sentido acarretando, dessa forma, várias interpretações. É o que acontece abaixo.

(FUVEST, 2013)
A diferença entre uma democracia e um país totalitário é que numa democracia todo mundo reclama, ninguém vive satisfeito. Mas se você perguntar a qualquer cidadão de uma ditadura o que acha de seu país, ele responde, sem hesitação: “Não posso me queixar”. Millôr Fernandes. Millôr definitivo: a bíblia do caos

O trecho que apresenta duplo sentido é “Não posso me queixar”, que pode ser entendido de duas formas: “não tenho de que me queixar, estou satisfeito”, ou “ não tenho permissão para me queixar, pois posso ser punido caso me manifeste”

A múltipla possibilidade de leitura, bem empregada torna-se um importante recurso de expressão. Porém, quando é resultado da má organização das ideias, ou do emprego inadequado de certas palavras, pode gerar problemas para a comunicação. Estas situações normalmente aparecem nos trechos de anúncios eivado pelo vício de garantir lucros, ludibriando o consumidor.

Em síntese, ambiguidade é a indeterminação de sentido que certas palavras ou expressões apresentam, o que dificulta a compreensão do enunciado.


Internet e marketing
Grata satisfação poder de agora em diante, avaliar as mutações ocorridas nos processos ligados as ciências exatas, cujo sistema binário, provocou mudanças de comportamento social e, vez ou outra, inversão de valores morais.


O ciberespaço tem trazido vários benefícios únicos ao marketing, oferecendo baixos custos e maiores capacidades para distribuição da informação e mídia para uma audiência mundial. Com este adubo, o ambiente digital é terreno fértil com inúmeras oportunidades de exploração, razão pela qual, as empresas se preocupam cada vez mais com o formato de seus endereços virtuais, empregando esforços para que seus sites apareçam em posição de destaque nos resultados das buscas. Há tempos que a conquista de clientes não se restringe aos contornos das ruas e avenidas. O que é ótimo.


No campo estrito do comércio virtual, os lucros advêm de três procedimentos: transparente, ilícito e dúbio. O primeiro agrada a todos, o segundo é violação e o último motivo de discussão. Qual será prejudicial para sempre? É o que veremos.

Contra os spams, pop-ups, links enganosos ou programas espiões, existem softwares. Se alguém dizer que estes aplicativos é como proteger o corpo usando um chapéu enquanto chove, digo que concordo. Mas, ficar com cabeça descoberta, não dá. Ademais, na internet, o que é lançado hoje, amanhã, já está ultrapassado. Um novo programa pode acabar com a velha canalhice. Portanto, a enfermidade tem socorro e possibilidade de cura. Consequentemente, a resposta certa é: dubiedade.


Ambiguidade, é uma doença grave. Os pacientes da dúvida, sofrem sem ter remédio para a dor. Na sequência, as causas, sintomas e efeitos da enfermidade, serão esmiuçados à exaustão

Ao fazer pesquisa sobre hospedagem de sites, encontrei:

“Verità effettuale” (a verdade efetiva das coisas)

Por conta do engodo, optei pela renovação do contrato. A indolência da empresa para com os clientes e veleidade de corrigir patranhas, serão temas constantes nesta página. Afinal, lavar as mãos diante de uma situação, onde você tem conceitos estabelecidos, não o libera da responsabilidade do resultado final como se, não houvesse um apoio dado a um dos lados da contenda. Quem assim agiu foi Pôncio Pilatos que receando o clamor popular lavou as mãos, inquinando a história que tem na crucificação de Cristo o maior erro da democracia de todos os tempos.

O breu da claridade

A teoria sem a prática vira ‘verbalismo’, assim como a prática sem teoria, vira ativismo. No entanto, quando se une a prática com a teoria tem-se a práxis, a ação criadora e modificadora da realidade. Paulo Freire

Um dos principais lemas de comunicação digital é a “transparência”. Promover diálogo franco, sem máscara nem meias-verdades com a clientela é o primeiro passo para a construção de uma relação sólida de confiança.

Transparência (simplicidade e clareza), integridade (idoneidade, confiança) bem como excelência, são mantras usados -indevidamente – pela KingHost. Ocorre que estes valores só existem na teoria, enquanto na prática os marqueteiros da UFRGS (Unificação Financeira de Receitas, Ganhos e Saldos), promovem anúncios nada verdadeiros, os quais enganam consumidores. – Comportamento Inaceitável. Nada Transparente, Envolvendo Dinheiro (CINTED).

Valores, Recurso e Lucros
O recurso textual é um meio de persuasão utilizado no marketing digital. A kingHost é um bom exemplo (bom para ela).


O anúncio é de dúbia interpretação. À primeira vista, considerei oferta atrativa, firmei contrato sem hesitar. Passados alguns meses, percebi a armadilha ao pagar o dobro pela renovação.

A periodicidade, realisticamente falando, torna o contrato uma espécie de obsolescência programada, fenômeno mercadológico conhecido como “descartalização”, estratégia que, embora legal, é imoral e totalmente nociva.

Transparência
“Como princípio ético, a transparência – mais do que obrigação – é o desejo de informar tudo aquilo que, no plano empresarial (por exemplo), possa afetar significativamente os interesses dos stakeholders, os quais, mais bem informados, terão melhores condições de analisar os riscos que estão assumindo” Lélio Lauretti

A franqueza comercial permite o público expor, na comunicação institucional, comentários positivos e negativos sobre produtos e serviços. O que legitima e enriquece a transparência.

Quem oferece serviços com valores diferentes, esclarecendo o de maior benefício, segue a lei do bom senso. Em momento algum a empresa sugeriu ser vantajoso adquirir um plano anual ao custo de R$ 204,00, pois economizaria metade do valor com o dobro do período. Trocando em miúdos, compre um e leve dois. Prevaleceu a lei de Gerson.

Ambiguidade e o novo canivete suíço criado pela KingHost. Utensílio moderno que agrupa vários elementos e funcionalidades, em um só aparelho. Ferramenta versátil para práticas viciadas. A lamina ciclo permite criar pretextos, garantindo novos clientes com grau máximo de facilidade. A chave Periodicidade, tem como finalidade aumentar receita em fração de segundos. Já o unipago, elemento principal do equipamento, possibilita emitir cobrança recorrente, nota fiscal avulsa, adequando-se as necessidades.

NoPara KingHost, “transparência” é sinônimo de: dubiedade e ambiguidade. Tentarei ilustrar as diferenças

A transparência exige que a descrição de produtos ou serviços, seja detalhado e, principalmente, realista, deixando claro que o preço, neste caso, do pacote, tem durabilidade pequena. Não a ressalva, em letras pequenas. Usa-se o mesmo tamanho de fonte para prós e contras. Para descomplicar vou simplificar.

Isto é informação caprichada. Natural, considerando tratar-se de interesse do locador. O mesmo critério deve ser usado quanto interessar ao locatário.

Máxima Facilidade
A tradução de periodicidade, alegra minha alma. Sem falar que cobrança recorrente… que… bem… para facilitar é só usar o cartão de credito… vocês cuidam do resto. Inclusive…

Summa summarum
Concernente a clareza podemos depreender que:

Não é fácil justificar práticas viciadas. A empreitada é difícil. Visando simplificar “ciclo” e “periodicidade”, simplesmente não cumpriu a meta. Embora claramente tenha se esforçado, não deu resultado. Claro.

Integridade e Confiança

 Na estrada da confiança, idoneidade é o acesso, uma vez interrompida, perde-se o caminho, e o beco sem saída é encontrado.
A confiança recíproca entre as partes envolvidas é um valor básico e fundamental sobre o qual se assentam todas as negociações. Quem perdeu a confiança não tem mais que perder.
A confiança é um ato de fé e dispensa raciocínio.
“Onde mora a idoneidade a confiança é o alicerce, a ética é o telhado, a transparência é uma hóspede.
Quando a transparência deixa a casa com ela vai à confiança, as telhas caem e corrompe-se o alicerce”
Deu para atinar?

Excelência
Excelente para o contratado, péssimo para o contratante
De que adianta, saber dos erros e não corrigir? “O hábito de perceber o que pode ser melhorado”, nada acresce. É aí que está o “xis da questão”. O diagnóstico justifica a falta de transparência e descrição dúbia, nos planos de hospedagens, dando azo a polêmica e insatisfação. Ora, pois, qual a dificuldade para emendar a imprecisão? As reclamações coalhadas na internet (exemplos na próxima imagem) são da turba arrastada sem saber por quem, nem porquê?

Diluir o descontentamento não exige grande esforço, somente um pouco de vontade. Não há nada tão óbvio. Basta cumprir com o seu dever, tendo “o hábito de melhorar o que percebe ser necessário”. Este novo vezo, promove elevação das atividades, gerando efeitos benéficos em diversos níveis.

Conclusão:


O redator do texto publicitário, não sabia que a ciência só existe porque as aparências enganam: afinal, não é o Sol que gira ao redor da Terra. A redação é permeada com recheios tramados por dramaturgos incendiários que transformam seus textos em brasas ardendo os ledores com pesadelos através da fina cortina de fumaça provinda do fogo que, não apenas queima, como também deturpa a espessa verdade, reduzindo às cinzas as interpretações em torno dela. Se por um lado contratantes são sufocados, contratado, desprovido de discernimento exala o ar carregado, como se as impurezas fossem o mais puro incenso persa.
No cenário da vida real já tem muitos comediantes que pelos aplausos da vaidade, franqueiam as portas para os risos e risadas hilariantes do público. Neste circo ostensivo dos falsários massageando seus egos pela mentira, a farsa não aumenta o nariz, mas, nela são depositados os ovários para a reprodução e perpetuação de Pinóquio, servindo de carapuças aos reais palhaços da realidade deprimente.

Confiança é o elemento fundamental para o comércio eletrônico, porque compromete uma série de fatores essenciais às transações online. Pense e faça a sua parte.

Terei imenso prazer de publicar comentários, convergentes ou divergentes, sobre o assunto em tela

Um comentário

  1. Por estas e outras que o comercio eletrônico gera receios, Ainda bem que vi esta pagina. Por pouco não entrei nesta fria. Me ajudou. Velu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *